NOME CIENTÍFICO:  Tibouchina mutabilis

DESCRIÇÃO: Árvore nativa do Brasil, excelente para o paisagismo urbano pois suas raízes não são agressivas e apresenta crescimento rápido, chegando a 12 m de altura. Há ainda uma variedade anã que atinge cerca de 3 m de altura. 
Sua floração ocorre na primavera e verão com flores que nascem brancas e e gradativamente passam pelo rosa até chegarem na cor violeta. 

CURIOSIDADE: As flores nascem brancas, depois adquirem a cor rosa, passando pelo lilás, até chegarem ao arroxeado. Essa variação de cor das flores é devida ao amadurecimento diferencial dos órgãos sexuais masculinos e femininos.
As brancas, recém abertas, são as femininas que, portanto, recebem pólen de fora e as roxas ou lilases, que são as flores mais maduras, são as masculinas, que  liberam pólen.

COLABORADORA: Jacqueline Frois / @jacquefroispaisagismo

Compartilhe este conteúdo com seus amigos:

Deixe uma resposta