Que tipo de cliente você atrai? por Chris Lara

Assistindo a uma palestra de um paisagista famoso na internet, fiquei surpresa quando ele disse: “A cliente era muito cafona e me pedia coisas que não poderia atender”. Detalhe: ele estava ali apresentando projetos que considera de sucesso em sua carreira. Aquilo me fez pensar. Se o estilo dos dois, profissional e cliente, é tão diferente, será que o resultado final do trabalho vai agradar a ambos?

Casos como esse podem indicar que tem alguma coisa errada na comunicação e no posicionamento de imagem construído pelo profissional para sua marca. Para evitar esse tipo de situação, esses conceitos precisam ser levados para diversas dimensões que envolvem a construção de identidade da sua marca e a forma como deseja se posicionar no mercado.

Essas dimensões envolvem desde questões físicas — como o logotipo, a identidade visual, o conteúdo e a forma de apresentação de uma proposta — até a história que você conta em todos os pontos de contato com o seu público, seja pessoalmente ou no meio digital.

São esses elementos que tornam a sua marca tangível e fazem as pessoas quererem se conectar com você e contratar seu serviço.

Uma boa identidade de marca deve:

1 – Mostrar ao mercado quem você é:
Apresentar sua bagagem, experiência prévias, o estilo do seu trabalho, um pouco dos seus gostos e interesses.

2 – Indicar como resolve os problemas que seus clientes apresentam:
Isso envolve uma explicação prática sobre a forma como atende seus clientes e como busca oferecer uma boa experiência durante o processo. Quando um cliente te contrata, o resultado final do projeto é o mínimo que ele espera. A experiência toda (antes, durante e depois) é muito importante e pode ser o ponto que vai te diferenciar e gerar fidelização e recomendações.

3 – Transmitir como você quer que as pessoas se sintam ao escolher o seu serviço:
Nesse caso, nada melhor que o depoimento dos próprios clientes.

Se você não quer fazer projetos para pessoas que tem o estilo muito diferente do seu, precisa deixar isso claro de alguma forma na sua mensagem. Mas se está disposto a diversificar seu portfólio, insira essa flexibilidade na sua mensagem. Talvez não pareça, mas quem você atrai como cliente é responsabilidade sua.

Deixe uma resposta