Como o storytelling pode te ajudar a conversar com seu público

Quem não gosta de uma boa história? As narrativas são parte da nossa forma de se relacionar com o mundo desde sempre.  Em casa, nas escolas, nos livros, nas telas. O próprio paisagismo tem sua história. Personagens, mudanças na forma de pensar e interagir com o ambiente, diferentes momentos do homem e a sua relação com o jardim.

As histórias marcam. Por isso elas vêm sendo usadas também pelas marcas para dar significado ao seu negócio e se conectar.  Se a técnica de storytelling – traduzido do inglês como narrativa – vem sendo amplamente usada no mundo da publicidade para falar de itens como carro e até mesmo margarina, imagina o que não é possível criar quando falamos em jardins.

A história de um jardim, seja em uma apresentação de projeto ou em um dialogo nas redes sociais, pode ser um convite a um passeio. Ao falar de um jardim, independente do tamanho, falamos de pessoas, experiências e sensações. Não precisa de muito esforço para humanizar um contexto com estes elementos.

Conte a sua história

A história focada na marca, seja ela uma empresa ou pessoa, responde perguntas aparentemente simples: quem é você e como você pode ajudar as pessoas. Seria uma forma de compartilhar “o porquê você se importa”. Uma oportunidade de criar conexão de valores.

A história dos seus projetos

Todo projeto é uma história por si só, que apresenta em seu enredo desafios, desejos e como estes foram solucionados e atendidos. Quando olhamos por essa perspectiva percebemos que a resposta para a pergunta “porque você escolheu aquelas espécies?” pode ir além dos conceitos técnicos, como plantas de sol ou meia-sombra, e render uma boa narrativa.

Por trás da história do jardim

A planta, o gato, o vaso que era da avó, a muda que foi um presente, os momentos que já foram vivenciados e os que ainda estão por vir. Grande parte do trabalho como contadores de histórias vem do saber ouvir com atenção. A reunião de briefing pode te render mais do que anotações no caderno.

Vou te contar uma história!

E para deixar este artigo bem real, te convido para conhecer a minha história. Em cada texto que escrevo para o Papo de Paisagista compartilho um pouco de quem eu sou e da minha forma de enxergar o paisagismo como uma profissão linda e muito importante. Mas desta vez senti que poderia ir um pouco além, me abrir um pouco mais.

Por isso gravei um vídeo contando um pouco da minha história. Falo sobre a minha relação com o paisagismo, como tudo começou e para onde estamos indo. Veja no IGTV do @jardimavista

Como eu acredito que a comunicação é um caminho de mão dupla, caso seja inspirado por esse artigo a contar novas histórias, peço que compartilhe a experiência comigo, me marcando ou enviando por mensagem. Vamos fazer uma rede de histórias de jardins.

Compartilhe este conteúdo com seus amigos:

Deixe uma resposta